ORFANATO

/ORFANATO
ORFANATO 2018-12-07T12:48:24+00:00

BREVE HISTÓRICO DA INSTITUIÇÃO

O Centro Social Menino Jesus de Sinop é uma Instituição de fins não econômicos, localizada no município de Sinop, Estado de Mato Grosso. Foi fundado em 1987 com o surgimento no município de crianças abandonadas.

Na busca de acolher tais crianças, foi firmado um convênio entre a Mitra Diocesana de Sinop e a extinta FUNABEM – Fundação Nacional do Bem Estar do Menor, para a construção de infraestrutura básica em uma área (chácara) da Mitra Diocesana de Sinop. As casas foram construídas também com a participação da comunidade através de trabalho voluntário com o objetivo de abrigar temporariamente as crianças até que pudessem retornar para suas famílias ou serem adotadas, dependendo cada situação.

A instituição teve sua gestão através de casais voluntários do grupo “Encontro de Casais com Cristo – ECC” da Igreja Católica e atualmente é gerida pela ADESTEC – OBRA PADRE PIO e tem sua atuação norteada pela doutrina  da Igreja Católica, Apostólica Romana.

Com o aumento considerável do número de crianças, principalmente aquelas afastadas por ordem judicial, tornou-se necessário institucionalizar o então “abrigo/orfanato” sendo então oficialmente documentado como Centro Social Menino Jesus de Sinop no dia 02.08.1990.

A instituição, juntamente com os órgãos competentes  vem desenvolvendo um trabalho no sentido de reduzir gradualmente o número de crianças institucionalizadas, tanto pelo uso de mais critérios que tornam excepcional a institucionalização de criança quanto pelo rigoroso acompanhamento de cada criança já institucionalizada e suas famílias.

O Centro Social Menino Jesus enquanto Serviço de Acolhimento Institucional é um espaço de proteção provisório e excepcional, destinado a abrigar crianças privadas da convivência familiar e que se encontram em situação de risco pessoal ou social, caracterizadas como vítimas de violência sexual e/ou doméstica e abandono, ou que tiveram seus direitos violados; temporariamente, até que possa retornar para a referida família. Quando não for possível a reintegração da criança em sua família natural ou extensiva, a mesma aguardará deferimento judicial quando houver a possibilidade da inserção em família substituta.

O CSMJ quando na modalidade de Serviço de Acolhimento Regional, recebe crianças de municípios com proximidade geográfica, considerando a incidência da demanda e porte do município não justificarem a disponibilização de serviço no seu âmbito. A execução de abrangência Regional ocorre por indicação técnica, com deferimento e determinação judicial.

As crianças institucionalizadas no Centro Social Menino Jesus de Sinop são inseridas na rede socioassistencial do município, recebendo atendimento no âmbito Escolar, na Rede Pública de Saúde, Assistência Social, no Sistema de Garantia de Direitos, entre outros.

A instituição conta com a colaboração de Projetos Sociais em diversas áreas, que são desenvolvidos por Instituições de Ensino Superior semanalmente junto as crianças abrigadas.

Na última década a média de ocupação era de 30 crianças acolhidas, esse número vem baixando gradativamente nos últimos anos, ficando abaixo de 20 crianças.

Ao chegarem ao local , as crianças trazem consigo uma história de vida com traumas, tristeza e sofrimento; na instituição recebem os cuidados básicos de alimentação, saúde, educação e acima de tudo respeito e carinho.

As crianças acolhidas no Centro Social recebem atendimento através de uma Equipe Técnica composta por profissionais de assistência social, pedagogia e psicologia . As crianças a partir dos 6 anos estão matriculadas no ensino fundamental, frequentando escola, no restante do tempo permanecem realizando as tarefas educacionais complementares e participando de atividades de lazer e cultura.

A manutenção mensal da instituição e a origem de recursos para a reestruturação da entidade se dá através de: convênio com a Prefeitura Municipal de Sinop; doações de instituições; campanhas e doações de empresas, termos circunstanciados via judicial e principalmente doações da comunidade em dinheiro ou bens de consumo.

Baseados no Plano Diretor atualmente a infraestrutura física da instituição esta em ótimas condições, com: duas casas de moradia, cozinha-refeitório, lavanderia, centro de múltiplo uso para atendimento médico, religioso, psicológico, etc. centro pedagógico, com sala de inclusão digital, playgraud,  espaço de recreação ao ar livre e um coberto que proporciona as crianças institucionalizadas uma melhor acolhida, principalmente no período de chuvas.

A instituição também conta com um veículo cedido pela Adestec – Obra Padre Pio que é utilizado para as  diversas atividades. Para o cuidado da saúde das crianças, além do Posto de Saúde, há uma parceria com o Hospital Santo Antonio, corpo clínico e laboratório que tem atendido as crianças gratuitamente.

No Centro Social Menino Jesus há um esforço coletivo em proporcionar às crianças um ambiente propício ao compartilhamento da alegria de viver, a sequencia da formação educacional com qualidade, a inserção digital e consequentemente o preparo completo para uma vida normal visando o retorno, se possível, das crianças ao seio de suas famílias ou em último caso a inserção em uma nova família mediante adoção. Busca-se assim que as famílias (naturais ou adotivas) tenham em seus lares filhos preparados para a convivência familiar e social.